Feliz Kwanzaa! Feliz 2018!

Lá se vai mais um ano bastante agitado na Vida de Awvas (grazadeos ou não rsrs) com o lançamento dos quadrinhos, cheio de eventos (programados e inesperados), cheio de Folclore BR, novos projetos e, mesmo sendo um ano péssimo financeiramente, foi bastante recompensador.

Ano de eventos!

Participei de eventos em universidades, em colégios, em praça, em pontos turísticos, em quilombo, bienal do livro… enfim, bastante coisa e só tenho que agradecer a todos que me convidaram e abriram as portas para que eu pudesse mostrar o meu trabalho. Tenho que agradecer também a todos que passaram por mim, que me conheciam ou não, obrigado mesmo.

Nesse período de eventos, tive a honra de conhecer uma galera animal, artistas, editores, empreendedores e produtores incríveis que espero manter contato daqui para frente.

Ano de folclore!

Foi um ano muito bom para o Folclore-BR (inclusive já até fiz um post em separado sobre) com várias iniciativas que funcionaram muito bem e fez todo o esforço e investimento valer a pena e, mesmo estando apenas no comecinho de tudo, senti muito orgulho de ter concluído bem as iniciativas que tomei (tanto com os pôsteres quanto com o Somando Visões).

Ano de representatividade!

2017 também foi mais um ano trabalhando, mesmo que com pequenos movimentos, em prol do posicionamento e tomada de espaço pela militância negra, buscando me envolver mais, pensar mais voltado para os assuntos que tanto deixei apagado em anos anteriores dentro do meu próprio trabalho.

Não à toa, este ano não teremos feliz natal por aqui neste ano…

E o que é Kwanzaa?
Para uma fácil associação chamam de “Natal africano”, mas não tem nenhuma ligação com isso.
É uma festa que acontece em sete dias a partir do dia 26 de dezembro e está ligada ao fortalecimento de valores de comunidade com simbolismos da cultura africana.

“Com o objetivo de fortalecer os valores de comunidade e união familiar depois das depois da violenta rebelião de Watts (causada por abuso policial contra um jovem negro em 1966) o professor  Dr. Maulana Karenga, presidente de um centro de estudos negros na California State University e ativista dos direitos civis nos anos 60,  criou para uma celebração para unir os  afro-americanos com base em costumes do continente africano. Assim nasceu o Kwanzaa nome derivado da frase “matunda ya kwanza”, que significa “primeiros frutos” em suaíli (língua de origem queniana).” _Site Mundo Negro.

Existem vários simbolismos entorno do Kwanzaa, mas não há envolvimento diretamente religioso. É uma celebração de princípios africanos, uma festa inclusiva que visa e união dos povos e vale muito a pena você dá uma lida nessa ideia (Este é um texto que resume bem).

Como faço todos os anos desde 2013, fiz essa arte para simbolizar o ano, mas desta vez com os personagens que criei para o Folclore-BR juntos de mim (tentando acender a primeira vela) e da Pâmm (a Senhora Awvas).

Que venha 2018!

Aproveitando o clima de fim de ano, fiz essa pequena retrospectiva do que foi 2017 para mim. Ainda terá uma segunda parte separada somente para o Folclore BR que farei em uma postagem separada 😉


Gostaria de te desejar um excelente ano! Espero que seja um ano renovador, de muito crescimento e cheio de revoluções mentais e profissionais.
Muita saúde, paz e amor!

Até mais!
Obs: Espero atualizar esse post com um vídeo que gravei para o fim do ano ^_^